segunda-feira, 22 de agosto de 2005

A INFELICIDADE DE UM PAÍS

Lia-se no Diário Digital (take da Lusa) às 19:21 : "Portugal é o país com a menor taxa de felicidade entre os 15 países que formavam a União Europeia (UE) antes do último alargamento, indica um estudo agora divulgado. O estudo, intitulado «O que Compra a Felicidade?», foi publicado agora pelo Instituto Alemão de Estudo do Trabalho (IZA), sedeado em Bona, e é da autoria de Christian Bornskov, Nabanita Datta Gupta e Peder Pedersen. A análise assentou nos inquéritos promovidos pelo Eurobarómetro […] Os autores fizeram a média das respostas à pergunta «Como classifica em geral a sua satisfação com a vida que leva?», que consta do inquérito, que dá quatro possibilidades de resposta: muito satisfeito, que é quantificado em 4, satisfeito (3), pouco satisfeito (2), nada satisfeito (1). Portugal surge em último lugar com uma média de 2,52 enquanto os dinamarqueses apresentam o valor mais elevado com 3,61. Mais de metade da amostra situa-se acima dos 3 pontos".

Já de manhã havia sido "agredido" com a notícia que dizia que os portugueses aparecem cada vez menos a sorrir nas fotografias dos jornais. Um psicólogo, de nome Armindo Freitas Magalhães, terá analisado mais de cem mil fotografias em jornais diários e concluiu que a redução do sorriso nas fotografias dos jornais tem a ver com a situação atravessada pelo país (imagem da página do Diário de Notícias). Presumo que ele se refira à depressão económica e à vaga de incêndios nas florestas.

Não há mesmo uma pequena alegria que nos faça sorrir? Como ando com as leituras ainda atrasadas, retiro um pedacinho de um texto escrito por Sónia Morais Santos, no DNA de 12 do corrente, a propósito da Microsoft Portuguesa: "A melhor empresa para trabalhar em Portugal acredita nas pessoas. No seu potencial. Não são só os responsáveis que o dizem. São os próprios funcionários. [...] Além da formação, a Microsoft tem prémios que reconhecem os valores: prémios de excelência, prémios para quem se distingue em termos de comportamento, prémios anuais por reconhecimento do desempenho". Naquela empresa, há sempre disponível e gratuitamente fruta, café, chá e água engarrafada. E há uma empresa (ebairro) com quem os colaboradores da Microsoft contam para marcar serviços pessoais: obras em casa, lavandaria, baby-sitter. O tempo que ganham é aproveitado para aumentar a produtividade. Com certeza que as pessoas que lá trabalham têm um grande sorriso todos os dias. Obrigado, Sónia, pela peça. Fico muito menos deprimido!

5 comentários:

João Fialho disse...

Tenho estado a ler os seus últimos posts. Gostei.

Está muito bem, digo eu, para quem gosta deste género de abordagens.

Se tiver um bocadinho (desculpe a publicidade)passe por
http://emdirecto.blogspot.com/

Xau.

Anónimo disse...

Greetings:

I thought I would make a quick visit and ask that you make a Return Visit. If you would like to put a little Google code snipit on your blog, you can earn a nice daily income from them. Just visit my blog, click one of the Google ads and then the side bar link that says "AdSense." It's a blog that talks about personal injury law.

The AdSense Guy

blaze disse...

Great info about adsense r I have a lage interest also and have a site about adsense r please feel free to check it out.

doer disse...

Hello, just visited your blog, it's informative. I also have a website related togoogle adsense software. So make sure you visit and hope it's useful.

Anónimo disse...

Very cool blog you got! I just added you to my bookmarks!

I have a great article resource you might want to check out.