Interrupção

O blogue tem sido muito pouco atualizado. O trabalho de investigação e outros motivos obrigam a uma concentração de esforços num só sentido. Obrigado pela preferência manifestada desde 2003.

12.5.10

CULTURA E HIBRIDIZAÇÃO

Os estudos de hibridação modificaram o modo de falar de identidade, cultura, diferença, desigualdade, multiculturalismo, tradição-modernidade, norte-sul, local-global. Nestor García Canclini parte de uma primeira definição de hibridação enquanto "processos socioculturais nos quais estruturas ou práticas discretas, que existiam de forma separada, se combinam para gerar novas estruturas, objectos e práticas". Os estudos sobre hibridação trabalham em três níveis: 1) descrevem misturas interculturais, 2) explicam os processos de reconstrução sociocultural, situando-os em relações estruturais de causalidade, 3) dão-lhes capacidade hermenêutica para interpretar as relações de sentido existentes nas misturas.

Leitura: Nestor García Canclini (1989/2008). Culturas híbridas. São Paulo: EDUSP

Sem comentários: