20.5.10

PORTUGAL CRIATIVO

A ADDICT – Agência para o Desenvolvimento das Indústrias Criativas e a Fundação da Juventude promovem, nos próximos dias 24 e 25 de Maio, no Porto, o *Portugal Criativo@Porto 2010*, um evento que pretende mostrar e celebrar as tendências do sector das Indústrias Criativas.

Sob o tema *Até onde pode Portugal ser criativo?,* esta plataforma reúne participantes de várias nacionalidades, entre os quais se contam especialistas na área das Indústrias Criativas, políticos, artistas, empresários, gestores e jornalistas.

*Portugal Criativo@Porto2010* divide-se em diferentes formatos e espaços da Baixa e Centro Histórico do Porto – Património da Humanidade. No Palácio das Artes – Fábrica de Talentos (equipamento da Fundação da Juventude) e no Mosteiro de São Bento da Vitória (equipamento do Teatro Nacional de São João) decorrem Conferências, Seminários e Conversas.

Paralelamente, integrado neste conceito, tem lugar o *Bairro Criativo*, um conjunto de intervenções artísticas a realizar no espaço público, comissariado pelo criativo britânico Scott Burnham. Aos participantes, que submeteram as suas ideias a concurso, foi lançado o desafio de desenhar e projectar algo que melhorasse a vida no Porto. Os locais da intervenção, que pretende revolucionar a forma como as ideias são concretizadas e partilhadas no contexto da cidade, vão da Praça Almeida Garrett à Praça do Duque da Ribeira, passando pelo Largo de S. Domingos e Praça do Infante.

O *Portugal Criativo*, plataforma internacional anual, é organizado, nesta primeira edição, com a colaboração da Câmara Municipal do Porto, Porto Vivo, SRU-Sociedade de Reabilitação Urbana da Baixa Portuense, Porto Lazer, Teatro Nacional São João, Hard Club e a participação especial do Prémio Nacional das Indústrias Criativas Unicer/Serralves, com o apoio do programa COMPETE (QREN) do Ministério da Economia e Inovação. O Bairro Criativo é uma iniciativa organizada também pela Porto Vivo/SRU, que tem apoio do programa ON.2 Novo Norte (QREN), do Ministério da Economia e Inovação [informação enviada por http://www.addict.pt/].

Sem comentários: