Interrupção

O blogue tem sido muito pouco atualizado. O trabalho de investigação e outros motivos obrigam a uma concentração de esforços num só sentido. Obrigado pela preferência manifestada desde 2003.

16.6.10

PINTURA DE GRAÇA MORAIS

Graça Morais nasceu em Vieiro, Trás-os-Montes, em 1948. A sua pintura e a sua obra plástica transportam sempre o sentido da natureza, nas paisagens, nas cenas de representação humana, nos cenários com animais, na diferenciação do sagrado e do profano. Telas, carvão e pastel sobre papel, colagens e grafite, acrílico, aguarela, tinta da china e outros materiais num conjunto interessante de obras estão patentes no Centro de Arte Manuel de Brito, em Algés (Palácio dos Anjos).


Destaco dois conjuntos: os grafites sobre papel, de um erotismo suave, as pinturas feitas em Cabo Verde, onde a artista se interrogou sobre se teria nascido ali. Mitos do inconsciente, metamorfoses, o tempo do rosto, o corpo e outros temas - eis as pistas dadas pelo texto do catálogo, assinado por Miguel Matos. Realce ainda para os catálogos e livros sobre a artista, produzidos ao longo da sua carreira, e o vídeo feito pela filha.

Sem comentários: