20.10.10

LEI DO CINEMA E IMPACTO NA PRODUÇÃO AUDIOVISUAL

"O Instituto do Cinema e do Audiovisual (ICA) acredita que as taxas previstas pela nova Lei do Cinema permitirão aumentar entre 10 a 20 por cento as verbas disponíveis para o apoio à produção audiovisual em Portugal. Esta verba divide-se, presentemente, entre os 16 milhões de euros do orçamento do ICA e soma idêntica do Fundo de Investimento para o Cinema e o Audiovisual (FICA) - o contestado organismo lançado em 2007 e cuja extinção já foi anunciada pela ministra da Cultura Gabriela Canavilhas para 2012. São montantes «muito inferiores aos que resultariam de uma maior participação no FICA de entidades designadas na lei de 2004, ou da aplicação das contribuições máximas previstas nessa lei», justifica o presidente do ICA, José Pedro Ribeiro, em resposta a perguntas do PÚBLICO via email" (Público).

Sem comentários: