Interrupção

O blogue tem sido muito pouco atualizado. O trabalho de investigação e outros motivos obrigam a uma concentração de esforços num só sentido. Obrigado pela preferência manifestada desde 2003.

1.1.11

A DÉCADA EM QUE SE IMPÔS A INFORMAÇÃO ESPECTÁCULO

É o título da peça assinada por Isabel Teixeira da Mota, do Jornal de Notícias. Lê-se: "A sua afirmação como género televisivo traduz-se na aposta em ondas noticiosas e em noticiários longos e populares. A ideia é seduzir o espectador e fixar audiências. E como em 2010 os noticiários nacionais são ainda a âncora da programação dos canais generalistas de televisão (RTP1, RTP2, SIC e TVI), nada melhor do que usar técnicas próximas do sensacionalismo. A estreia de Big Brother, na TVI, e de Acorrentados na SIC, no início da década abriram todo um mundo de possibilidades potenciado pela imensa influência dos canais temáticos e da Internet".

Sem comentários: