20.3.11

ELEMENTOS PARA A COMPREENSÃO DO JORNALISMO MODERNO

Simon Vodrey apresentou um texto sobre o lugar do telégrafo na história da comunicação, em especial no jornalismo. Seguindo necessariamente Harold Innis e James Carey, usou a metodologia da análise de conteúdo num jornal durante o período da guerra civil dos Estados Unidos (1861-1865). Como pergunta de partida quis saber qual o papel do telégrafo durante a guerra e o contributo da tecnologia para o jornalismo moderno. O jornal estudado foi o New York Times, porque ficava na cidade mais populosa do país e porque era o único jornal ainda em circulação dessa época (fundado em 1851). Como conclusões, fixei as seguintes: 1) o conflito foi prolongado, o que permitiu uma recolha prolongada de informação para a sua cobertura, 2) aumento do espaço para cobertura local e comentário político, 3) o relato da guerra levou a mudanças na reportagem até aí baseada na narrativa, 4) a assinatura do jornalista nas peças que escrevia tornou-se uma característica padrão do jornalismo americano, 5) aumento das fontes de informação identificadas.

Sem comentários: