31.3.11

A SAÍDA DO PROVEDOR DO ESPECTADOR

No sábado, em tom grave mas elegante nas palavras e com paisagem reconfortante em fundo, o provedor da RTP (televisão) despediu-se. Paquete de Oliveira achou que o canal público já devia ter promovido a sua substituição. Recorde-se que uma candidatura ao cargo foi recusada e o sociólogo aceitou manter-se mais algum tempo no lugar para se arranjar uma solução, o que ainda não foi alcançada. É pena que isto aconteça.

Sem comentários: