25.4.11

VIDEOCLUBES

"Há cinco anos, o número de videoclubes em Portugal rondava os 1800. Em 2010, eram cerca de 300 (menos 83 por cento). As contas são da Federação Portuguesa de Editores de Videogramas (Fevip, que representa as editoras que vendem filmes aos videoclubes) e mostram um sector em queda abrupta" (Público). Razões: pirataria, partilha online e ofertas dos operadores de televisão.

Sem comentários: