Interrupção

O blogue tem sido muito pouco atualizado. O trabalho de investigação e outros motivos obrigam a uma concentração de esforços num só sentido. Obrigado pela preferência manifestada desde 2003.

19.5.11

CINEMAS DA ZON

O Diário Económico de hoje indica que a venda de bilhetes nos cinemas da Zon Lusomundo desceu 18,4% no primeiro trimestre deste ano, para 2,016 mil milhões, quando comparado com o período homólogo de 2010. O número de espectadores decresceu 21,3%. A razão, apontam os dados, prende-se com o enorme sucesso, no ano passado, de Avatar. Entretanto, a Zon passou a explorar as setes salas do outlet Freeport desde Janeiro último e aposta na tecnologia 3D, que existe em 83 salas das 217 que a Zon explora (ao contrário das salas de Paulo Branco, com o recente encerramento das salas de Saldanha Residence, onde vi tantos filmes). A notícia dá conta ainda do crescimento das actividades do negócio do audiovisual, passando para 171 milhões de euros (mais 9,8%), através da consolidação da Dreamia (produtora de canais temáticos para televisão), ultrapassando mesmo as receitas de cinema.

Sem comentários: