8.6.11

FATAL - FESTIVAL ANUAL DE TEATRO ACADÉMICO DE LISBOA

O FATAL – Festival Anual de Teatro Académico de Lisboa encerrou a sua 12ª edição numa cerimónia que decorreu ontem, 7 de Junho, no Teatro do Bairro. O júri atribuiu o Prémio FATAL 2011 ao grupo TEUC – Teatro dos Estudantes da Universidade de Coimbra, com a peça Um dia de raiva, encenada por Nuno Pino Custódio, pela "capacidade de construção lúcida de um texto dramático a partir da realidade socio-económica portuguesa contemporânea, especialmente aquela que afecta a juventude universitária e a sua inserção no mercado de trabalho". O Prémio FATAL Cidade de Lisboa foi atribuído ao espectáculo Antitheos ou a divina antagonista, do GTN – Grupo de Teatro da Nova, "um interessante trabalho dramatúrgico à volta de um texto clássico para a criação de um espectáculo de linguagem contemporânea. Ler mais aqui e aqui, de onde retirei a informação acima.

Sem comentários: