Interrupção

O blogue tem sido muito pouco atualizado. O trabalho de investigação e outros motivos obrigam a uma concentração de esforços num só sentido. Obrigado pela preferência manifestada desde 2003.

22.10.11

TAPEÇARIA DE MUNARI EXPOSTA EM ROMA

Uma peça rara de Bruno Munari (1907-1998) - um dos mais completos artistas italianos do século XX, considerado o pai do design no seu país - uma tapeçaria de Portalegre datada de 1985 está pela primeira vez em exposição em Roma, na Galeria do Instituto Português de Santo António em Roma (IPSAR). Integrada na exposição Tapeçaria de Portalegre – Expressão Contemporânea de uma Arte Secular, a decorrer entre 3 e 27 de Novembro de 2011, esta obra de Munari acompanha um conjunto de peças dos mais importantes artistas plásticos portugueses seus contemporâneos que dão a conhecer a actividade da Manufactura de Tapeçarias de Portalegre (MTP) ao longo dos últimos 70 anos. A MTP é um dos poucos centros no mundo dedicado a uma das mais antigas e ricas forma de arte da civilização ocidental: a tapeçaria mural. A Tapeçaria de Portalegre é uma obra de arte original que resulta de uma parceria única entre o artista plástico, a desenhadora e as tecedeiras. Mais de duas centenas de artistas, portugueses e estrangeiros, já colaboraram com a Manufactura de Tapeçarias de Portalegre, entre os quais, além de Munari, Jean Lurçat, Le Corbusier, Sonia Delaunay, Almada Negreiros, Vieira da Silva, Álvaro Siza, Cargaleiro, Júlio Pomar, Menez, Lourdes Castro, Graça Morais, Rui Moreira, Rigo 23.

Sem comentários: