13.7.14

Curado Ribeiro e Milú

"Aconteceu nesta casa [Emissora Nacional, actual RDP, então em instalações da Rua do Quelhas, Lisboa]. Estávamos no hall e terão dito ao senhor Burnay, que era o padrasto da Milú: «precisamos de um rapaz que cante para fazer uma fita com a Milú». A Milú falou-me nisso. Depois o senhor Burnay falou-me também e disse-me se eu [Fernando Curado Ribeiro] queria. Eu queria tudo. «Quer fazer cinema»? «Quero sim senhor», disse logo. «Vai a provas». «Sim, senhor». E, pronto, fui fazer provas, que era para o Costa do Castelo, perdão, que eram para A Menina da Rádio e não para o Costa do Castelo. Mas as provas feitas com a Milú agradaram e anteciparam a feitura do Costa do Castelo e ficámos ambos, tanto a Milú como eu. E, depois, quando se fez A Menina da Rádio, eu continuei a ser a pessoa que estava indicada. Só a Milú por razões particulares é que não fez A Menina da Rádio. Foi feito o papel dela pela Maria Eugénia" (entrevista de Luís Garlito a Fernando Curado Ribeiro, programa A Minha Amiga Rádio, RDP, 3 de Junho de 1991, Arquivo Sonoro da RTP, AHD 11861-1).

Num dado momento, a actriz Milú decidiu ir para Espanha, para continuar a sua vida no cinema. Fernando Curado Ribeiro entrevistou-a e a fotografia ao lado foi reproduzida no semanário Rádio Nacional, de 18 de Julho de 1943.

Sem comentários: