2.7.14

Sophia

Retiro do Diário de Notícias online: "«A concessão das honras de Panteão Nacional a Sophia de Mello Breyner Andresen faz da sua memória um símbolo colectivo», afirmou hoje José Manuel dos Santos, no elogio fúnebre à poetisa, na sua trasladação para este o monumento nacional. Na sua alocução, José Manuel dos Santos, membro da Academia Nacional de Belas Artes, sublinhou que esta decisão da Assembleia da República «não faz - nunca fará - de Sophia um escritor oficial ou um poeta de regime, mesmo daquele que a reconheceu e que ela reconheceu». Santos ressalva que a entrada de Sophia no Panteão Nacional «é rito, símbolo e sinal». «Tem aquela solenidade, irmã do silêncio e da solidão, que é o contrário da pompa e da propaganda»".

Sem comentários: