7.8.14

Wharol

Peter Brandt era ainda jovem quando começou a criar a sua coleção de pintura moderna americana, que acabou por constituir a Fundação Brandt. Ele adquiriu muitas obras de Andy Wharol, desde os seus primeiros desenhos, num total de mais de 160 trabalhos. Agora em exposição no Palácio Cipolla, na Fondazione Roma Museo.


Algumas obras são das mais icónicas de Wharol, como a série de cadeiras elétricas, os retratos de Mao, Marilyn e Liz Taylor, as flores, a série Shot Blue Marilyn (1964), as latas da sopa Campbell. E ainda fotografias.

Sem comentários: