Interrupção

O blogue tem sido muito pouco atualizado. O trabalho de investigação e outros motivos obrigam a uma concentração de esforços num só sentido. Obrigado pela preferência manifestada desde 2003.

8.9.14

Fotografias de Robério Braga

O fotógrafo brasileiro Robério Braga fez do Quénia, na África Oriental, o seu objecto de investigação. O resultado está patente na exposição de fotografia Luz Negra, vinda do Museu da Imagem e do Som em São Paulo para o Centro Cultural de Cascais. Tem vinte imagens, todas a preto e branco, que revelam aspectos quotidianos e culturais de três tribos do Quénia e Tanzânia: Maasai, Pokot e Samburu. Ao travar contacto com elas, entre 2011 e 2012, Robério Braga ficou impressionado com os seus costumes e crenças, verdadeiros símbolos de resistência na preservação de tradições ancestrais cheias de significados. Ele escreveu: "Os adornos feitos pelas mulheres da tribo Maasai, por exemplo, carregam um mundo rico em códigos sociais que se materializam em belas formas, cores e padrões. Antes feitos de sementes, fibras vegetais e couro de zebras, leões, gnus e outros animais selvagens, hoje empregam missangas plásticas, nylon e tecidos. Muda-se o significante, mas não o seu significado" (a partir do texto enviado pela organização da exposição).


Local e datas de funcionamento da exposição: Fundação D. Luís I (Centro Cultural de Cascais), de 6 de Setembro a 2 de Novembro de 2014.


Sem comentários: