9.5.15

O jornalismo actual em Nelson Traquina

Em 1993, Nelson Traquina, o mais conceituado professor de jornalismo em Portugal, lançava a sua obra-prima Jornalismo: Questões, Teorias e "Estórias", uma antologia de textos que deram a conhecer aos seus alunos a pujante investigação norte-americana, nomeadamente a sociologia do jornalismo.

Agora, com data de finais de 2014, ele volta a editar um livro com textos de investigadores consagrados norte-americanos, embora sem a novidade do livro inicial do professor: Questões Críticas do Jornalismo Contemporâneo. Os Papéis Pulverizados do Capitalismo.

Além da introdução, escrita pelo organizador, o volume tem textos de William Gamson e Andre Modigliani, Nelson Traquina, Thomas Hanitzsch e colegas, Brian McNair, Thomas Patterson, Maria João Silveirinha, Sonia Serra, Steven Livingston e Lance Bennett, e Rui Miguel Gomes.Na contracapa do volume, apresenta-se o levantamento dos temas presentes no livro: cobertura jornalísticas de temas globais, como a energia nuclear, enquadramentos e representações de grupos sociais, como mulheres, tendências contemporâneas do jornalismo e impactos na vida pública e cívica, como o aumento da tabloidização, e avaliação sobre as narrativas jornalísticas, caso do uso crescente de acontecimentos presentes ao vivo.

Na introdução, Nelson Traquina, que dedica o livro à nova geração de jornalistas, questiona o jornalismo sobre o hipotético fim da importância da reportagem, a perda do poder de selecção, construção e saliência dos profissionais quando olham o acontecimento e reflectem sobre se ele se torna ou não notícia. Os jornalistas também mudaram, conclui o antigo professor de Jornalismo e de Teoria da Notícia da Universidade Nova de Lisboa. A chegada de mulheres, de licenciados de várias origens (economia, história, ciência política), além da consolidação da democracia em Portugal, foram elementos fulcrais nessa transformação. Um outro texto da colecção inserida no livro identifica o relevo da tecnologia na construção da notícia, embora a conclusão não indique uma relação directa.

Leitura: Nelson Traquina (2014). Questões Críticas do Jornalismo Contemporâneo. Os Papéis Pulverizados do Capitalismo. Lisboa: Aletheia, 379 páginas, 16 euros


Sem comentários: