21.7.16

The Illinois Parables

The Illinois Parables, de Deborah Stratman, é um documentário experimental composto de vinhetas regionais sobre fé, força, tecnologia e êxodo. Onze parábolas que indicam histórias de instalação e/ou retirada, avanço tecnológico, violência, messianismo e resistência, todas ocorrendo no estado de Illinois. O filme sugere ligações entre tecnologia, religioso e governo(s), em que as fronteiras entre racional e sobrenatural são ténues. Com frequência, o filme utiliza imagens de arquivo, observação, títulos e vozes que contam as suas histórias (a partir da sinopse que acompanha o filme). Destaco algumas histórias dramáticas: a espoliação e expulsão de cherokees e mormons, os acidentes da natureza (tornados), a luta dos negros, os cemitérios de experiências nucleares da década de 1940. Tudo isto numa região banhada pelo rio Illinois, afluente do rio Mississipi.

Muito do trabalho de Deborah Stratman (Washington, 1967) relaciona o meio ambiente e a luta humana pelo poder e controlo sobre a terra. Estreia mundial do documentário em Sundance, janeiro 2016. Estreia europeia no Berlinale, fevereiro 2016. Exibição no festival Há Filmes na Baixa, Porto, julho 2016.


Sem comentários: