11.11.16

Leonard Cohen

No começo de agosto, falecera Marianne Ihlen, inspiradora da canção So Long Marianne, com quem Cohen vivera sete anos. Ele cantava: "Now so long, Marianne, it's time that we began to laugh and cry and cry and laugh about it all again". Ele desejou eterno descanso e disse estar pronto a segui-la. Agora, vem a notícia da morte do próprio Leonard Cohen, 82 anos, poeta e escritor, cantor e compositor. As canções e as letras das canções deste canadiano são valiosas e cantadas também por outros, um enorme património. Para mim, na discussão neste começo de outono, da qual estive silencioso, seria melhor atribuir-lhe o prémio de literatura Nobel - se um cantor merece um prémio de literatura pelos seus poemas (música e lírica não são um todo?).

Sem comentários: