30.1.17

Requalificação de sítios na baixa portuense

As notícias do Público a respeito do Porto já teem algum tempo, mas junto-as. A primeira, datada de 9 de novembro de 2016, indica o processo de requalificação da área situada no quarteirão da antiga casa Forte, indo da rua Sá da Bandeira à rua do Bonjardim e próximo da sede portuense do banco BCP. Num total de 28500 metros quadrados para residência, hotelaria e comércio. A conclusão da primeira fase está prevista para 2018. Ao lado, a renovação do mercado do Bolhão e do até agora café da Brasileira, a transformar em hotel, vai alterar a fisionomia da baixa da cidade.

A outra notícia, de 13 de janeiro de 2017, informa a reabilitação do cinema Batalha para albergar instalações da cinemateca. A câmara chegou a acordo com os proprietários do edifício para um aluguer de 25 anos. A mensalidade a pagar é de dez mil euros. O edifício foi projetado pelo arquiteto Artur Andrade e ianugurado em 1947. O arquiteto Alexandre Alves Costa está encarregado da sua remodelação. Durante muitos anos, o cinema Batalha era ponto de encontro ao domingo de manhã dos cineclubistas que iam ver filmes já fora do circuito comercial ou nunca exibidos.



Sem comentários: