Interrupção

O blogue tem sido muito pouco atualizado. O trabalho de investigação e outros motivos obrigam a uma concentração de esforços num só sentido. Obrigado pela preferência mantida desde 2003.

23.2.17

A constituição da RTP

A RTP foi constituída no final de dezembro de 1955, com cerimónia no edifício da Emissora Nacional (Rádio Nacional, 24 de dezembro de 1955). O capital inicial era de 60 mil contos (mais de 2,6 milhões de euros a preços de 2016), divididos em três partes: Estado, estações de rádio e público. A RTP nasceu, assim, semiprivada. O primeiro conselho de administração teve um elemento nomeado pelo Estado, outro pelas estações (Jorge Botelho Moniz, de Rádio Clube Português)  e um terceiro pela Emissora Nacional (Stichini Vilela, da administração da estação pública mas em representação do público acionista). Das rádios, Rádio Clube Português investiu 9260 contos, Rádio Renascença 4630, Emissores do Norte Reunidos 2310, Emissores Associados de Lisboa 1400. Outras pequenas estações também participaram no capital inicial da televisão pública. Na notícia estimava-se que as primeiras emissões ocorressem 18 meses depois. Na realidade, os primeiros programas foram para o ar em setembro de 1956, a partir da Feira Popular (Lisboa), no espaço onde hoje está a sede da Gulbenkian.


Sem comentários: