Interrupção

O blogue tem sido muito pouco atualizado. O trabalho de investigação e outros motivos obrigam a uma concentração de esforços num só sentido. Obrigado pela preferência manifestada desde 2003.

24.3.17

Natércia Freire

Dar a conhecer a escritora Natércia Freire (1920-2004) foi a motivação que levou a filha Isabel Corte-Real a escrever a obra Da memória, do amor e do génio. Uma fotobiografia de Natércia Freire, publicada pela Alêtheia Editores. Foi hoje lançada na Biblioteca Nacional de Portugal, com apresentação por Fernando Pinto do Amaral (eu não assisti).

Retiro da informação publicada na página da Biblioteca Nacional: "Nascida em Benavente, Natércia Freire dirigiu o suplemento literário «Artes e Letras» do Diário de Notícias, tendo sido umas das primeiras jornalistas literárias portuguesas. Colaborou em publicações diversas, e na antiga Emissora Nacional. Estudou música e concluiu o curso do Magistério Primário, tendo iniciado a carreira docente em 1944. Integrou ainda, entre 1971 e 1974, a Comissão de Leitura da Fundação Calouste Gulbenkian".


Sem comentários: