Interrupção

O blogue tem sido muito pouco atualizado. O trabalho de investigação e outros motivos obrigam a uma concentração de esforços num só sentido. Obrigado pela preferência manifestada desde 2003.

6.3.10

CARTAS DO JAPÃO II - TEMPLOS E SANTUÁRIOS

A primeira carta escrita por Rita Botelho, que viveu nove meses em Kyoto, Japão, foi aqui publicada em 23 de Fevereiro último. Hoje, as fotografias e os textos da segunda carta subordinam-se ao tema templos e santuários. Aliás, como ela escreve, "Kyoto é famosa pelos seus templos e santuários. A cidade está rodeada de montanhas e a toda a volta estão localizados dezenas (talvez centenas) de espaços religiosos. Entre os muitos que tive oportunidade de visitar, estes que aqui mostro talvez tenha sido os melhores exemplos, não só pelas estruturas em si mas por toda a envolvência".

Kinkaku-ji (templo budista Zen do pavilhão dourado) é uma das principais imagens de marca de Kyoto e, sem dúvida, uma das suas grandes atracções turísticas. A sua popularidade deve-se ao facto de estar totalmente coberto de folha de ouro e destacar-se pela sua riqueza. É de encher a vista mas a multidão de turistas que o visitam apaga parte da magia de visitar um local tão singular.

Fushimi-Inari (santuário shintoista) é talvez um dos locais mais fascinantes de Kyoto.

Trata-se de um complexo de espaços religiosos dedicados aos negócios. Empresas e empresários pagam para ter uma porta (Dori) como uma forma de pedir boa fortuna para os negócios. As Doris são pintadas de vermelho e sucedem-se ao longo de vários caminhos que atravessam a montanha. É um espaço fascinante pelas efeitos de luz criados por essas estruturas de madeira, pela contraste do vermelho com o verde da natureza envolvente e por ser um espaço sempre aberto com entrada gratuita e por isso poder ser usufruído com toda liberdade.

Kyomizu-dera (templo budista). Localizado perto de Gion, a zona mais tradicional de Kyoto, destaca-se pelo terraço de madeira de onde se pode ter uma vista deslumbrante da cidade.

Como se vê na foto, é um espaço digno de muitas fotografias turísticas. Aqui podemos ver o famoso gesto (em V de vitória) que todos (quase sem excepção) japoneses fazem quando tiram fotografias.

Takao. Este é um local mágico rodeado de templos e natureza deslumbrante, localizado nas montanhas a norte de Kyoto. A fotografia foi tirada durante o Outono, que é quando as folhas das árvores mostram as suas melhores cores.

Textos e fotografias: Rita Botelho

Sem comentários: