Interrupção

O blogue tem sido muito pouco atualizado. O trabalho de investigação e outros motivos obrigam a uma concentração de esforços num só sentido. Obrigado pela preferência manifestada desde 2003.

14.4.10

CONFERÊNCIA DE BRIAN WINSTON

The Myth of the Information Revolution foi o tema da conferência de Brian Winston ontem, dia 13, na Universidade Católica Portuguesa (Lisboa). Docente da Universidade de Lincoln (Reino Unido), Winston tem escrito sobre os media em geral e a rádio em particular.

Winston citou Raymond Williams, Marshall McLuhan e Fernand Braudel. Foi sintomática a sua simpatia para com as teorias deste último, a quem pediu emprestadas as ideias de acelerador e travão para se referir à ciência e à tecnologia. Usando a semiótica, e a distinção entre langue e parole, a ciência envolve a tecnologia - ou esta evolui dentro daquela e de acordo com o interesse da sociedade. Por isso, Winston salientaria o moldar social da tecnologia.

O conceito de Winston ideação aplica à relação entre protótipo da tecnlogia, invenção (que é uma transformação desta naquela) e o número de indivíduos envolvidos nessa transformação. O cinema é um bom exemplo: ao mesmo tempo, inventores nos Estados Unidos, na Alemanha, na Inglaterra e em França estavam a patentear o cinema, no ano de 1895.


Sem comentários: