Interrupção

O blogue tem sido muito pouco atualizado. O trabalho de investigação e outros motivos obrigam a uma concentração de esforços num só sentido. Obrigado pela preferência manifestada desde 2003.

14.11.10

ARTES VISUAIS E CRIATIVIDADE PEDAGÓGICA

Curso na Faculdade de Filosofia (Universidade Católica, Braga), composto por cinco seminários orientados por académicos nacionais e estrangeiros: Adolfo Lópes Quintás (Univ. Complutense, Madrid), Eileen Adams (Royal College of Arts, Reino Unido), Fátima Lambert (Instituto Politécnico, Porto), Fernando Ilídio (Univ. do Minho, Braga), Marko Rupnik (Fac. Hist. et Bon. Cult – PUG Pont. Athen. Anselm. Pont. Consiglio per la Cultura). Início: 19 de Novembro de 2010.

  • "A arte constitui-se esteticamente como um valor por si mesmo, capaz de transformar o nosso olhar, a nossa percepção da realidade e da vida. Mas, ao mesmo tempo, ela é indutora de novas formas, novos dispositivos, novas estratégias que nos permitem alcançar criativamente outros valores, outros âmbitos, novas finalidades. Docentes, psicólogos, pedagogos, educadores e, de um modo geral, todos os que desenvolvem actividades de comunicação e de intermediação cultural e social reconhecem que, com a arte, a mensagem “passa melhor”. Dentre o universo da arte, as artes visuais adquiriram desde cedo um estatuto estético e cognitivo cimeiro, precisamente porque se descobriu que os sentidos e os dispositivos que elas activam permitem-nos chegar mais longe, alcançar uma realidade mais ampla, conhecer melhor e mais profundamente a realidade envolvente. Não é por acaso que ao longo da nossa tradição cultural sempre se valorizou a dimensão visual" (texto da entidade organizadora). Ler mais aqui.

Sem comentários: