Interrupção

O blogue tem sido muito pouco atualizado. O trabalho de investigação e outros motivos obrigam a uma concentração de esforços num só sentido. Obrigado pela preferência manifestada desde 2003.

24.2.11

REVISTA JORNALISMO & JORNALISTAS

O número mais recente da revista Jornalismo e Jornalistas tem como temas principais duas conferências internacionais (jornalismo e democracia, ciberjornalismo), modelo de webtv em Portugal, análise do sítio Wikileaks e uma longa entrevista a Carla Baptista e Fernando Correia.

Retiro um pedacinho da entrevista feita por Helena de Sousa Freitas a estes dois investigadores, com uma resposta de Carla Baptista sobre sensacionalismo: "A imprensa moderna não inventou o sensacionalismo. Os jornais contavam as histórias de incêndios ou de homicídios seguidos de suicídios com um sentido de romanesco e para grande deleite dos jornalistas e do público. Num jornal como o Diário Popular, era muito visível a preocupação em estar próximo dos leitores. Os informadores estavam nos hospitais, nos tribunais... E o telefone era a ligação ao mundo, pelo que havia sempre alguém de plantão ao pé do telefone à espera de notícias".

Sem comentários: