Interrupção

O blogue tem sido muito pouco atualizado. O trabalho de investigação e outros motivos obrigam a uma concentração de esforços num só sentido. Obrigado pela preferência manifestada desde 2003.

9.5.11

Lojas de roupa em segunda mão (Ottawa e Porto)

As peças que estão nestas montras foram usadas por pessoas que delas se desfizeram e estão prontas a ser vestidas e calçadas por outras pessoas. A troca de venda e compra de roupa e outros acessórios de vestir impõe uma história, uma antropologia e uma sociologia da moda e dos afectos. O que leva alguém a vender um vestido ou umas calças ou um par de sapatos? Porque já não gosta, porque mudou de casa e não tem espaço, porque cresceu, porque precisou de fazer algum dinheiro? E quem compra? Para adereços de um filme ou novela, por nostalgia de uma moda de anos antes, por preços mais baratos, porque as peças já estão ajustadas aos corpos depois de algum uso?

O mercado de peças em segunda mão é uma das acções que mais me fascinam e intrigam. Compreendo que se vendam livros de uma biblioteca porque uma família o decidiu por razões várias. Também entendo as causas de trocar discos de vinil ou aparelhos electrónicos. Mas aquilo que andou na pele de alguém mudar-se para a pele de outra pessoa tem a ver com intimidades, poses, estilos, gostos pessoais.


1 comentário:

Re Vestir disse...

Em Vila do Conde também temos a ReVestir, vende várias Marcas conhecidas, bastante seleccionada.
Visitem o site: http://www.revestir.pt