Interrupção

O blogue tem sido muito pouco atualizado. O trabalho de investigação e outros motivos obrigam a uma concentração de esforços num só sentido. Obrigado pela preferência manifestada desde 2003.

26.2.13

Museu das Marionetas (Porto)

vai no batalha

O Museu das Marionetas (rua das Flores, Porto) abriu ao público muito recentemente.

O Museu tem como diretora Isabel Barros, mas a grande alma do espaço e do Teatro das Marionetas foi João Paulo Seara Cardoso (1956-2010), que teve formação no domínio da animação socio-cultural, do teatro e das marionetas (estes e os dados seguintes retirados do sítio do museu). Frequentou os cursos do Institut National d’Éducation Populaire e do Institut International de la Marionnette. Iniciou a sua atividade teatral e formação no Teatro Universitário do Porto. Dedicou-se à pesquisa e reconstituição do Teatro Dom Roberto, fantoches populares portugueses e recebeu de Mestre António Dias a herança desta tradição secular. Efetuou cerca de mil e quinhentas representações do Teatro Dom Roberto. Com a coreógrafa Isabel Barros codirigiu dois espetáculos explorando o cruzamento das marionetas e da dança: 3ª Estação e Hamlet Machine.

Para João Paulo Seara Cardoso, "Andamos sempre à procura dessa linguagem sensível que nos permite voar até lugares bonitos onde podemos encontrar um certo apaziguamento". Esse lugar bonito e com apaziguamento fica na rua das Flores. Aconselho uma visita.

[Vai no Batalha, encenação de João Paulo Seara Cardoso e marionetas de Rosa Ramos. Vai no Batalha era uma expressão que significava atualidade, novidade, cosmopolitismo, mas também conversa fiada, da treta, como se o outro fosse um tonto]

Sem comentários: