18.2.14

Cónquerants des ondes!

O livro Conquérants des Ondes!, do jornalista Sylvain Athiel, vai ser lançado no dia 18 de Março de 2014, às 18:00, no Auditório e Museu da RTP, à Av. Marechal Gomes da Costa, 37, em Lisboa, promovido pela Embaixada do Principado de Andorra em Portugal, em colaboração com a RTP – Rádio e Televisão de Portugal. Para a organização do evento:

"O livro Cónquerants des ondes! faz um retrato da incrível aventura da Rádio Toulouse e da Rádio Andorra. Muito mais do que meros marcos históricos no mundo agitado da comunicação, a Rádio Toulouse (1925) e a Rádio Andorra (1939) tornaram-se verdadeiros mitos. O autor, Sylvain Athiel, convida o leitor a seguir esta aventura através da história. A acção irá conduzi-lo da Praça do Capitólio (em Toulouse) aos picos dos Pirenéus, dos estúdios da BBC de Londres aos da CBS de Nova Iorque, do Parque Prairie des Filtres (em Toulouse) ao Palácio do Luxemburgo. Do escritório de Pierre Laval, à tribuna da Assembleia Nacional com François Mitterrand, então Ministro da Informação. Ao lado dos ciclistas Anquetil e Poulidor na sua conquista pelas descidas vertiginosas, ou a bordo da viatura presidencial de Charles de Gaulle. Em 2008, Sylvain Athiel publicou o livro Conquérants des Ondes! (Edições Privat) e, em 2009, Aqui Rádio Andorra! (Editorial Andorra), publicado em catalão e apresentado em Barcelona em Maio de 2010. Em forma de um emocionante romance de aventura, esta obra transporta o leitor ao quotidiano dos anos 20, onde os homens sensíveis ao «espírito do tempo» decidem tentar a sua sorte na mais recente tecnologia, e conseguiram antever, talvez melhor e mais rapidamente do que qualquer outra pessoa, o futuro promissor: a TSF (telefonia sem fios). O livro envolve o leitor no convívio com estes pioneiros que, com base no seu grande talento e, por vezes, em métodos questionáveis, fundaram um dos mais importantes impérios de media do século. Mas a Segunda Guerra Mundial viria a ser também uma guerra de rádios, e estes heróis, que se encontravam numa região fronteiriça e de contrastes, tornaram-se rapidamente actores e reféns desse período dramático. O leitor depara-se, assim, com terríveis líderes nazis, preocupados em capturar as poderosas máquinas de propaganda, que são os emissores, mas também os agentes duplos, generosos e corajosos, cuja perigosa missão nas montanhas de Ariège é dada a seguir ao leitor. Este livro constitui uma oportunidade para perceber e descobrir o Principado de Andorra dos anos 40 e 50, muitas vezes desconhecido. É também a história do nascimento das estações periféricas, é um ambicioso percurso idealizado pelos aventureiros para contornar o monopólio estatal do governo francês e, por fim, é a história da liberdade das ondas".

Sem comentários: