21.5.14

Biografia do ié-ié

Escrito por Luís Pinheiro de Almeida, saiu recentemente o livro Biografia do Ié-Ié. Trata-se de um dicionário de entradas (bandas, programas de rádio, empresários, concursos) de um período vibrante (1964-1967), revisitado por um grande especialista.

Das bandas ou grupos, como então se dizia, Luís Pinheiro de Almeida dá o destaque principal no livro. De entre eles, porque me impressionaram na época, recordo Conjunto Mistério/Quarteto 1111 (pp. 127-130), Quarteto 1111 (pp. 252-258) e censura aos seus trabalhos (pp. 254-255, 274), Sheiks (pp. 269-286), Quinteto Académico, Pop Five Music Incorporated. Foi esta última banda qu fez a música que servia de indicativo ao programa de rádio Página 1. Há também espaço para as versões (p. 129) - as canções de êxito internacional tinham tradução (adaptação) de letra para português e cantor(a) nacional.

Popologia, uma conferência sobre cultura pop (Março de 1968) é analisada pelo autor (pp. 245-246). Ele apresenta também três programas essenciais da rádio portuguesa daquele período: Em Órbita, 23.ª Hora e Página 1. Ouvir os discos na rádio era uma forma habitual (p. 240), pois na época eram elevados os preços dos discos e em especial dos gira-discos. Os discos, até aí gravados numa pista, passaram a sê-lo em quatro pistas (p. 241) e mais. Com os estúdios da Valentim de Carvalho, a possibilidade aumentava para 16 pistas (p. 260). Em 1973, surgia o primeiro disco a usar o sintetizador Moog (p. 257). O livro destaca um empresário, Arlindo Conde (p. 66), e um concurso de ié-ié no Monumental em 1965 (pp. 93-117).

Para Luís Pinheiro de Almeida, o serviço militar obrigatório em África foi a morte do movimento musical ié-ié. Por exemplo, os Sheiks, que poderiam ter uma vida artística internacional, acabaram com a ida de alguns elementos para esse serviço militar (p. 233).

O livro será apresentado no próximo sábado, dia 24 de Maio, pelas 17:00, no Cine-Teatro da Encarnação, Lisboa. Enciclopédia da Música Ligeira Portuguesa (1998), escrita em parceria com João Pinheiro de Almeida (obra esgotada) e Beatles em Portugal (2012, 2ª edição), escrito com Teresa Lage, são duas das mais importantes obras do autor.

Leitura: Luís Pinheiro de Almeida (2014). Biografia do Ié-Ié. Lisboa: Documenta, 327 páginas, 23 euros

Sem comentários: