Interrupção

O blogue tem sido muito pouco atualizado. O trabalho de investigação e outros motivos obrigam a uma concentração de esforços num só sentido. Obrigado pela preferência manifestada desde 2003.

22.5.16

Eduardo Batarda

Mise en Abyme, de Eduardo Batarda com curadoria de Julião Sarmento, no Pavilhão Branco, 27 de maio às 18:30.

Mise en Abyme é o resultado de proposta que o artista, e agora curador, Julião Sarmento (Lisboa, 1948) fez a Eduardo Batarda (Coimbra, 1943). A exposição reúne no Pavilhão Branco um conjunto de 21 pinturas, algumas obras nunca antes mostradas, de períodos distintos que percorrem quatro décadas de trabalho, desde 1966 a 2002. No dia da inauguração, será também lançado o catálogo relativo à exposição. Nesta publicação o curador procura, através de uma cronologia iniciada em 2016, percorrer todos os anos com produção artística de Eduardo Batarda até 1965, fazendo representar cada ano através de uma obra. O catálogo conta com textos de Julião Sarmento, Pedro Faro e David Barro [texto da organização].


Sem comentários: