7.6.16

Saída do diretor do Diário de Notícias

O subdiretor do Diário de Notícias abandonou, há dias, o cargo em troca com a posição de diretor de comunicação do Sporting. Logo de seguida, o diretor, André Macedo, solicitou a sua demissão. A comissão executiva do jornal lamenta e elogia o percurso do até agora diretor, em funções nos últimos dois anos, agradecendo o facto de, no último estudo do Bareme, o jornal ter ultrapassado o Público em audiências do jornal em papel e ter crescido na frente digital.

O anúncio da demissão da diretora do Público e, agora, do Diário de Notícias, indica que o problema não está num meio em si mas na totalidade da imprensa escrita. Os hábitos de leitura estão a mudar muito depressa e o lugar da imprensa em papel está numa situação muito delicada. Admitir que a venda de um jornal alargou face à outra é uma maneira de dizer que se está a vender pouco. Eu, leitor de jornais de papel, lamento muito a situação. Um país com uma imprensa escrita fraca tem menos capacidade crítica face aos poderes (político, económico e de grupos de pressão).

Sem comentários: