Interrupção

O blogue tem sido muito pouco atualizado. O trabalho de investigação e outros motivos obrigam a uma concentração de esforços num só sentido. Obrigado pela preferência manifestada desde 2003.

7.10.16

Uníssono, de Victor Hugo Pontes

Uníssono - Composição para Cinco Bailarinos, de Victor Hugo Pontes (1978), tem como intérpretes os bailarinos André Cabral, Bruno Senune, Elisabete Magalhães, Teresa Alves da Silva e Valter Fernandes. A cenografia de F. Ribeiro, a música de Hélder Gonçalves e a luz de Wilma Moutinho servem uma partitura coreográfica com gestos repetitivos e movimentos mecanizados: do silêncio e do bailarino nu até ao vestuário e ténis iguais, sincronizados, entrando e saindo pelas laterais do palco, sempre num processo de imitação e com a luz a jogar efeitos quase hipnóticos. No texto de apresentação do bailado, Madalena Alfaia escreve sobre norma e desvio, padrão e inovação, tendência e contracultura (fotografia: Estelle Valente).


Há uma permanente beleza, embora quase se adivinhem os movimentos e os gestos, tirados do quotidiano - filas, quadrados ou retângulos, círculos, triângulos na escola, rua, espreguiçar e caminhar (mais depressa, mais devagar). Embora repetindo o dito acima, a música e a luz ajudam muito a desenhar o impacto do bailado (Teatro Rivoli, Porto).

Sem comentários: