30.4.17

Música séria (clássica)


Ao assistir a concertos do festival dos Dias da Música, em especial o dedicado a Henry Purcell (Fair Queen), lembrei-me do enorme esforço, ao longo de décadas, da Antena 2 (ou programa B, no nome antigo) na preparação, transmissão e registo de concertos. Lembrei-me ainda da longa história da rádio pública desde o seu começo, em especial a partir de 1949, com o desdobramento entre programa ligeiro e programa de música séria (clássica).

O recorte aqui presente (Jornal de Notícias, 1 de julho de 1957) refere esse desdobramento entre as 19:00 e as 21:00 e entre as 21:15 e as 23:45. Mas o programa A também tinha ainda música clássica, como trechos de ópera e trechos de piano. Hoje, a Antena 2 fornece o privilégio da música séria, embora com cada vez mais palavra, a parecer uma rádio-informação.

Uso aqui a designação música séria porque era comum em décadas anteriores. Theodor Adorno, um filósofo e grande cultor da música clássica, que escreveu muito sobre essa música,  também preferia a designação.

Sem comentários: