Interrupção

O blogue tem sido muito pouco atualizado. O trabalho de investigação e outros motivos obrigam a uma concentração de esforços num só sentido. Obrigado pela preferência manifestada desde 2003.

5.12.10

YUKI E NINA

Dirigido por Hippolyte Girardot e Nobuhiro Suwa e filmado em França e no Japão, com Noë Sampy e Arielle Moutel nos papéis principais de Yuki e Nina (2009), a história conta-nos a existência de duas pequenas amigas, que partilham segredos e brincadeiras, que se vão separar porque uma delas vai viver para o Japão devido ao divórcio dos pais. Se numa primeira parte assistimos ao desenrolar das iniciativas de separação, a segunda parte centra-se em Yuki e na sua decisão de acompanhar a mãe para o Japão. A narrativa deixa a linearidade e adquire um estatuto mais onírico, de desconstrução e regresso ao passado muito recente, com uma fuga pela floresta que as crianças julgam estar povoadas por fadas e duendes capazes de as ajudar. Com narrativa lenta e planos de uma grande geometria, o filme indica-nos o começo da maturidade das meninas, em que a floresta corresponde ao rito de iniciação e transição para uma idade mais responsável.

Sem comentários: