28.10.11

O que se diz sobre a privatização de um canal da RTP

"O presidente executivo da Vodafone, António Coimbra, considera que a compra da licença da RTP, prevista para o final de 2012, não será por motivos de rentabilidade de negócio. Referindo-se à privatização de um canal da RTP, António Coimbra disse: «se não é rentável, é porque quem vai concorrer tem outros interesses, o que é mau e vai colocar problemas ao mercado»" (Jornal de Negócios) de hoje.

"A venda de um dos canais da RTP está a despoletar reacções diversas. As de ontem, na conferência «Media do Futuro», foram de protesto e de rejeição. De protesto, porque vai provocar "uma queda potencial de receita em torno dos 60%", avisou Francisco Pinto Balsemão, presidente da Impresa. De rejeição, porque nenhuma das empresas de telecomunicações vê atractividade no negócio" (Jornal de Negócios) de ontem.

"O antigo director de Programas e de Informação da RTP, José Eduardo Moniz, considerou hoje «imobilista» a visão do serviço público reflectida no plano de sustentabilidade económica e financeira da empresa apresentado na quarta-feira. [...] «O negócio da televisão já não é o que era (...) A evolução da televisão em todo o mundo, provocada pelas novas tecnologias e os novos posicionamentos dos consumidores, não está espelhada neste plano», disse" (Diário de Notícias de 25 de Outubro).

Sem comentários: